Dianabol ? O que é, Como usar, Ciclo, Benefícios, Efeitos colaterais

O Dianabol é um esteroide amplamente utilizado para o ganho de massa muscular e força. Seu nome é bem conhecido no meio de atletas e body builders, sendo uma das ferramentas mais populares para acelerar o ganho de massa destes profissionais.

No passado, profissionais famosos do hipertrofismo chamavam o Dianabol de “o café da manhã dos campeões”, em uma alusão ao quanto ele era importante para o seu desenvolvimento muscular.

Dianabol ? O que é, Como usar, Ciclo, Benefícios, Efeitos colaterais 1
Dianabol produzido pela Hi-Tech Pharmaceutical
Dianabol ? O que é, Como usar, Ciclo, Benefícios, Efeitos colaterais 2
Dianabol produzido pela Medichem Labs.

Como usar Dianabol

Em função da popularidade que construiu ao longo dos anos, o Dianabol costuma ser o primeiro esteroide de muitas pessoas. Além da popularidade e da facilidade de ser encontrado, muitos gostam do fato de ele não ser injetável, como ocorre com outros anabolizantes.

O uso deste medicamente por cerca de quatro a seis semanas costuma ser suficiente para observar efeitos significativos no corpo, com baixos níveis de efeitos colaterais – o que torna este ciclo bastante seguro para iniciantes.

O Dianabol possui uma vida curta no corpo, o que faz com que as doses precisem ser tomadas cerca de três a quatros vezes pro dia – sempre acompanhando as refeições. Alguns usuários mais experientes preferem concentrar toda a dose diária em uma única vez, meia hora antes de malhar.

Fazer isso gera um aumento quase instantâneo de energia, o que representa uma grande vantagem ao estimular o levantamento de mais peso e melhorar a performance do atleta, mas pode não ser a opção mais segura para o organismo.

Para iniciantes, o recomendado é que as doses sejam tomadas separadamente durante o dia para que se possa observar a reação do organismo. Uma dose única concentrada pode ser excessiva para o corpo – em especial para o fígado – e gerar efeitos perigosos para a saúde, em caso de exageros.

Efeitos colaterais do Dianabol

Existem vários efeitos colaterais do uso de Dianabol. Este não é o esteróide anabolizante mais perigoso de todos os tempos, mas pode conter uma série de problemas potenciais. Um homem adulto saudável pode gerenciar os efeitos colaterais de Dianabol, mas você deve compreendê-los e como combatê-los para conseguir isso. A fim de alcançar uma suplementação bem sucedida, nós dividimos os possíveis efeitos colaterais de Dianabol em suas categorias relacionadas, juntamente com tudo que você precisa saber:

  • Qualidades estrogênicas de Dianabol: Dianabol é um esteróide anabolizante estrogênico relativamente forte devido ao nível moderado de atividade de aromatase que ele carrega. Enquanto a sua atividade de aromatase é apenas moderada, esta conversão realmente leva Methandrostenolone a ser convertido em metilestradiol, em vez de estradiol, que é muito mais poderoso do que o estradiol. Isso pode tornar os efeitos colaterais como ginecomastia e retenção de água muito possível com este esteróide; na verdade, eles podem parecer aparentemente da noite para o dia. Retenção de água pesada também pode promover pressão alta, que Dianabol é notório por causar. Esses efeitos podem ser controlados, e quando se trata de pressão alta, isso é algo que você precisará colocar algum esforço para garantir que não se torne um problema.

    A fim de combater os efeitos colaterais estrogênicos de Dianabol, anti-estrogênios são comumente recomendados quando completando com este esteróide. Você tem duas opções em anti-estrogênios, Moduladores Seletivos de Receptor de Estrogênio (SERM) como Nolvadex (citrato de tamoxifeno) e Inibidores de aromatase (AI) como Femara (Letrozole). SERM pode ser o suficiente para alguns homens e deve ser sua primeira escolha se eles puderem fazer o trabalho. No entanto, os AIs serão muito mais eficazes, pois inibem diretamente a aromatização e reduzem os níveis séricos de estrogênio. Infelizmente, os AIs podem afetar negativamente o colesterol, assim como o Dianabol, e quando conjugados isso pode ser potencialmente problemático. Se uma IA for utilizada, o gerenciamento do colesterol será uma prioridade, e isso será possível. No entanto, SERM’s.
  • Qualidades androgênicas de Dianabol: Dianabol não é um esteróide extremamente androgênico, sua androgenicidade foi estruturalmente reduzida, mas efeitos colaterais androgênicos ainda são possíveis. Tais efeitos colaterais do uso de Dianabol incluem acne, perda de cabelo acelerada naqueles predispostos a calvície de padrão masculino e crescimento de pêlos do corpo. A maioria dos homens não deve ter problemas com tais efeitos, a resposta será o ditador final, mas a maioria permanecerá clara. Embora as probabilidades estejam a seu favor, tais efeitos são provocados pela metabolização da Methandrostenolona pela enzima 5-alfa-redutase. Esta é a mesma enzima responsável pela redução da testosterona em diidrotestosterona, mas a conversão total aqui resultará em quantidades muito baixas de dihidromethandrostenolona.

    Apesar de sua androgenicidade reduzida, o Dianabol pode promover sintomas de virilização em mulheres. Tais sintomas incluem o crescimento dos pêlos do corpo, um aprofundamento das cordas vocais e aumento do clitóris. É possível que algumas mulheres usem este esteróide sem sintomas de virilização com doses extremamente baixas, mas as chances não são favoráveis. A maioria das mulheres deve escolher esteróides anabolizantes com menos atividade androgênica para atender às suas necessidades.
  • Efeitos Cardiovasculares de Dianabol: Dianabol pode ter um efeito negativo pronunciado no colesterol. Isso inclui a supressão do colesterol HDL e o aumento do colesterol LDL, e as mudanças totais podem ser significativas. É possível que os níveis de colesterol total permaneçam em uma faixa saudável, mas também é possível que essa leitura total saudável seja enganosa se a HDL for suprimida fortemente. Gerenciando colesterol durante o uso de Dianabol será extremamente importante. O uso repetido deste esteróide, como acontece com muitos esteróides anabolizantes, pode levar ao acúmulo de placas nas horas extras das artérias. Também é extremamente importante ter em mente a possível tensão adicional no colesterol causada pelo uso de uma IA ao suplementar com Dianabol, já que as reduções totais de estrogênio terão um efeito negativo. Novamente, a manutenção do colesterol será extremamente importante.

    Como discutido, Dianabol também pode desempenhar um papel negativo na pressão arterial, que pode ser controlada pelo controle da retenção de água na maioria dos casos. Quando se trata de problemas de pressão arterial e colesterol, a chave final para o sucesso será o seu estilo de vida. Você não deve suplementar com este esteróide se você já sofre de pressão alta ou colesterol. Se você é saudável o suficiente para usar, você deve garantir que seu estilo de vida é propício para a sua manutenção. Isso deve incluir uma dieta saudável que é rica em ácidos graxos ômega, muita atividade cardiovascular e evitar qualquer atividade que promova o oposto, final negativo. A manutenção adequada do estrogênio e o controle também serão importantes, pois o estrogênio desempenha um papel importante no controle do colesterol.

Contra indicações

Atenção: mulheres não devem consumir essa substância, bem como crianças, idosos e doentes em geral.

Conforme já destacado, a sua facilidade de uso foi um dos principais fatores para motivar o consumo, além dos resultados interessantes atingidos pelos usuários.

Deixe um comentário